Como montar uma lancheira saudável para seu filho!


Como montar uma lancheira saudável para seu filho!

Começou as aulas e agora? Antes de levar as crianças para a escola é aquela correria, e o que colocar na lancheira de seu filho!? Nem sempre dá tempo de preparar os lanches mais nutritivos para garantir que seu filho coma bem no período em que estará fora de casa. Sem falar que nem sempre estamos naquela disposição e criatividade para prepara-lo, não é mesmo!?
É nesse momento que você além de pensar no que ele gosta de comer também precisa pensar em especial, no que será saudável para seu filho, pois uma boa alimentação melhora o desempenho na escola, assim, como previne algumas patologias como: doenças cardíacas, diabetes e a obesidade infantil.

Mas, lembre-se: também dê oportunidade ao seu filho de escolher o que ele ama, mesmo que não seja tão saudável assim. De vez em quando é permitido, para que ele possa fazer parte desse processo de escolha de alguns alimentos, interagindo com ele os tipos e importância de cada um. Lembre-se de que o objetivo final é que a criança passe a conhecer e adquirir o hábito de comer com prazer um lanche saudável!

Antes de planejar a montagem da lancheira na volta às aulas, confira algumas dicas

  • Você pode preparar alguns alimentos com antecedência e congelar outros.
  • A lancheira deve ser de boa resistência e lavável, higienizando com álcool pelo menos uma vez na semana e depois lavar com água e sabão. Além disso, as lancheiras térmicas são ótimas aliadas para aumentar as opções, já que permitem um melhor acondicionamento e conservação dos alimentos. Se a lancheira não for térmica use o recipiente térmico.
  • As crianças devem ser orientadas quanto a higienização das mãos antes do consumo dos alimentos e a não colocar a lancheira em contato direto com o chão.
  • Os lanches, devem ser embrulhados em papel laminado ou papel-filme e depois colocados em recipientes adequados, seja plástico ou térmico.
  • Os líquidos como sucos de preferência os naturais ou se caixinha do tipo néctar, leite, yogurte e água de coco também é uma ótima opção, devem ficar em garrafas térmicas ou com boa refrigeração, para que se mantenha em refrigeração até a hora do consumo.
  • As frutas, elas devem ser higienizadas; as que devem ser consumidas de preferência com cascas (maçã, pera, morango, ameixa, uva, dentre outros); as que não podem ser consumidos com casca (como laranja, melancia, mamão, manga, dentre outros), podem ser cortadas em pedaços e acondicionadas em recipientes bem vedados, exceto a banana, que pode ser levada com a casca e a criança tira na hora de comer. Uma salada de frutas bem colorida também é uma boa opção, pode estimular a criança na hora de comer.
  • Reserve um momento para montar um cardápio semanal ou até quinzenal junto com seu filho, verificando suas preferências. Assim, você se programa e ainda pode negociar alguns itens para estimular o seu apetite.
  • Tome cuidado com excessos de alimentos industrializados. Fique de olho na embalagem e nos nutrientes, as versões mais saudáveis de alimentos industrializados são aqueles assados, com menos sódio e integrais, sem corantes, conservantes, glutamato monossódico e aromatizantes.
  • Um lanche além de ser saboroso precisa atrair visualmente. Por tanto, escolha alimentos coloridos e formatos diversos. Cores diferentes fornece nutrientes diferentes.
  • O horário de estudo do seu filho também deve ser levado em consideração. Se estuda no período da manhã, e não tem o hábito de tomar café da manhã, então é importante uma lancheira mais completa, com proteínas, frutas, carboidrato e líquido. Mas se o seu filho estuda à tarde, pode optar por duas opções apenas.

Então vamos lá: Como Montar a Lancheira!

Você pode combinar três grupos alimentares ao preparar o lanche:
-Os construtores que são as Proteínas ( queijos, iogurtes, leite, e carnes como o atum e o frango, por exemplo);
-Os Reguladores que são (frutas, legumes e verduras)
-Os energéticos que são os Carboidratos (pães, cookies, bolos, muffins, sanduiches, barrinhas de cereais) preferência os mais saudáveis do tipo integrais, sem lactose e/ou glúten de acordo com necessidade e os Lipídios que são ( as oleaginosas como as castanhas e amêndoas, coco, abacate..).

Os alimentos com essas características vão fornecer nutrientes para o desenvolvimento e crescimento das crianças, além de proporcionar energia para que elas desenvolvam suas principais atividades escolares e do dia a dia.

Fica a dica da Nutri: Os adultos devem dar exemplo. Não adianta pensar e insistir que a criança vai gostar ou se adaptar fácil de comer um lanche saudável na escola, se ela não tem um exemplo de boa alimentação em casa. A cultura da boa alimentação vem de casa. NÃO ESQUEÇA DA ÁGUA, SEMPRE!


Post Author: Sydneide Paixão

Nutricionista/Administradora/Professora -Graduada em Administração pela FSBA-Salvador-Ba -Graduada em Nutrição pela FAN-Feira de Santana-Ba -Pós graduada em Prescrição de Fitoterápico e Suplementação Nutricional Clínica e Esportiva pela Estácio(FIB) -Salvador-Ba -Pós Graduada em Obesidade e Emagrecimento pela W-Pós(AVM)- Feira de Santana-Ba -Mestranda em Desenho Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional- Fundação Universitária Iberoamericana da Espanha- FUNIBER- Florianópolis-SC -Docente em Pedagogia-GESFS-Feira de Santana- Ba -Certificação Internacional em Cineantropometria ISAK Nível I- InSulBra -Técnica Administrativa-CEBRAC -Técnica em transações Imobiliárias-CETREB -Trabalha como Administradora -Nutricionista em Clínicas -Nutricionista em atendimento domiciliar pela Nutrição e Saúde-Viva Mais - Proprietária da Paixão na Mesa- Artigos para mesa posta Curso de Relações Humanas, liderança e motivação entre outros como gastronomia funcional, planejamento de cardápio, regras básicas de etiqueta e personal diet e criatividade e inovação. Meu maior foco é o bem estar e a satisfação em fazer do alimento algo prazeroso e saudável de se ver e comer. Focando na importância de se comer e saber comer dando relevância ao que se come. Levando uma nutrição adequada para prevenção de doenças e tornando uma vida mais saudável.