Como começar uma reeducação alimentar?

0
87

A busca pela perda de peso normalmente leva as pessoas a buscarem alternativas que vem acompanhadas de resultados rápidos, em um curto período de tempo e geralmente são muito restritivas. O problema é que elas podem dar de brinde após certo tempo o efeito rebote, onde ganha-se todo o peso novamente ou até mais.

A melhor maneira para emagrecer de forma saudável e sem correr risco de engordar novamente é fazendo uma reeducação alimentar. Se alimentando de forma educada você percebe que não precisa fazer restrição de grupos alimentares que gosta, e aprende a ter consciência e escolher as melhores opções durante toda vida.

Ao se conscientizar sobre as melhores opções, você percebe que quando sentir vontade de comer algo não tão nutritivo, você poderá comer, e não precisará se privar de algo que gosta eternamente, porque você não irá abusar e nas outras refeições irá continuar optando pelas melhores escolhas. Muitas vezes o fato de se sentir proibido de comer algo, dificulta o processo, leva a desistências. O processo de perda de peso deve ser algo prazeroso.

Vale ressaltar também que é crucial saber o que comer antes do treino, isso vale para pessoas que desejam acelerar os benefícios da reeducação alimentar, pois um complementa o outro: Treino + Reeducação alimentar = Bons resultados.

Mas como começar uma reeducação alimentar?

Primeiramente É preciso saber que seu hábito mudará para optar por alimentos mais nutritivos, incluindo diariamente frutas, verduras, legumes, carnes magras e de preferência alimentos integrais, e em contrapartida diminuir a ingestão de alimentos que não são, e essa diferença dá para se notar fácil não é mesmo? Então nesse quesito incluímos bolos, refrigerantes, frituras, salgadinhos, bolachas recheadas, etc.

LEIA  Tamarindo espanhol: Fruta popular silvestre tem muitos benefícios medicinais

5 Passos para a reeducação alimentar:

1- Beba pelo menos dois litros de água por dia. A hidratação é extremamente necessária e com ela podemos limpar as toxinas presentes em nosso corpo pois ela age como desintoxicante natural. É possível também dar sabor e nutrientes a água, ao acrescentar gengibre, limão ou hortelã, além de saborosa fica refrescante.
2– Comer de 3 em 3 horas não é regra, mas ajuda bastante na sensação de saciedade, com ela é possível fracionar as refeições e diminuir o volume. O maior problema das pessoas é pular os lanches e compensar a fome aumentando o volume das refeições principais, além de fazer escolhas ruins.
3– Fazer exercício físico pelo menos 3 vezes na semana. Uma atividade programada durante um determinado tempo, algo que dê prazer. Isso ajudará bastante em diversas funções do corpo e no processo de emagrecimento.
4- Começar o almoço pela salada crua, por ser rica em fibras, auxilia na sensação de saciedade e a diminuir a quantidade de comida no prato.
5- Se você trabalha fora ou passa muito tempo fora de casa, prepare suas refeições no dia anterior e deixe programada para o dia seguinte, leve em forma de marmitas, assim evita que passe do horário de se alimentar e de fazer más escolhas.

A reeducação alimentar além de ajudar nas funções orgânicas do corpo, deixando a pele mais bonita, diminuindo a retenção hídrica, melhorando o sistema digestivo e imunológico, melhora o metabolismo e eleva a auto estima. Optando por boas escolhas alimentares, você cuida melhor do que há de mais importante na vida: você!

LEIA  Ejaculação Precoce: O que é e tratamentos eficazes
Artigo anteriorO Transtorno de Ansiedade e seus Sintomas
Próximo artigoComo fazer uma reeducação alimentar?
Nutricionista/Administradora/Professora/Pedagoga/Consultora Alimentar/Empreendedora/Coach em Empreendedorismo Criativo -Graduada em Administração pela FSBA-Salvador-Ba -Graduada em Nutrição pela FAN-Feira de Santana-Ba -Pós graduada em Prescrição de Fitoterápico e Suplementação Nutricional Clínica e Esportiva pela Estácio(FIB) -Salvador-Ba -Pós Graduada em Obesidade e Emagrecimento pela W-Pós(AVM)- Feira de Santana-Ba -Mestranda em Desenho Gestão e Direção de Projetos de Cooperação Internacional- Fundação Universitária Iberoamericana da Espanha- FUNIBER- Florianópolis-SC -Docente em Pedagogia-GESFS-Feira de Santana- Ba -Certificação Internacional em Cineantropometria ISAK Nível I- InSulBra -Técnica Administrativa-CEBRAC -Técnica em transações Imobiliárias-CETREB -Trabalha como Administradora -Nutricionista em Clínicas -Nutricionista em atendimento domiciliar pela Nutrição e Saúde-Viva Mais - Proprietária da Paixão na Mesa- Artigos para mesa posta Curso de Relações Humanas, liderança e motivação entre outros como gastronomia funcional, planejamento de cardápio, regras básicas de etiqueta e personal diet e criatividade e inovação. Meu maior foco é o bem estar e a satisfação em fazer do alimento algo prazeroso e saudável de se ver e comer. Focando na importância de se comer e saber comer dando relevância ao que se come. Levando uma nutrição adequada para prevenção de doenças e tornando uma vida mais saudável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here